top of page
Head_blog.jpeg

Blog

  • DCRFuncional

Tem sintomas de ansiedade? 5 Dicas para lidar com os reencontros sociais

Com o avanço do tratamento à covid-19, terminou a privação de se relacionar com familiares e amigos. É hora de voltar às relações que tinha e recuperar o tempo perdido. Estes reencontros estão a causar-lhe alguns sintomas de ansiedade? Fica nervoso só de pensar em estar com pessoas? Deixamos-lhe 5 dicas para aprender a lidar com a ansiedade e sentir-se à vontade com os reencontros sociais.


depressed-man-with-crossed-arms-looking-at-the-window

O que é a ansiedade?

A ansiedade é uma emoção perfeitamente normal, que todas as pessoas experienciam no seu dia a dia. É caraterizada por sentimentos de tensão, preocupação e insegurança, que normalmente se fazem acompanhar por alterações físicas como o aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, sudação, secura da boca, tremores e tonturas.

Apesar deste caráter normativo, quando a ansiedade persiste em certos contextos, interfere negativamente com a capacidade de desenvolver as atividades diárias e causa sofrimento físico e/ou emocional significativo.


Ansiedade em tempos de pandemia

A pandemia da Covid-19 trouxe várias consequências, e cada vez mais percebemos a sua relação com o aumento de problemas relacionados com a saúde mental. Alguns sentimentos são amplificados e a ansiedade, a tensão ou preocupação, tendem a ser mais sentidas que o habitual. Alguém que estivesse a ter uma boa recuperação de uma perturbação ansiosa é muito natural que, nesta fase, tenha sofrido uma recaída e se tenha refugiado no conforto da distância social.


Sintomas de ansiedade

É comum, também, experienciar alguns sentimentos ambíguos. Por um lado, pode sentir-se animado e aliviado por poder sair de casa e recuperar parte da rotina. Simultaneamente, pode sentir-se angustiado e apreensivo pelos riscos que este regresso significa, assim como as alterações e a necessidade de reorganização que implica.

Sentir-se confuso é normal e, nesta situação, é importante desenvolver formas de relaxar. Entenda que a ansiedade resulta da nossa perceção das situações, ou seja, resulta em parte dos nossos pensamentos, muitas vezes sobre coisas que não aconteceram e provavelmente nunca vão acontecer. Importa assim identificar e gerir os pensamentos automáticos negativos.



depressed-middle-aged-woman-sitting-in-couch

5 dicas para lidar com os sintomas de ansiedade:

  • Não espere pelo momento certo: Todos os momentos têm a sua importância relativa. Estar a pensar no “momento certo” pode distraí-lo(a) do restante caminho para alcançar os seus objetivos.

  • Evite pensar “E se”: Todas as ações têm consequências mais ou menos positivas. Aprender a lidar com elas é uma forma de desenvolvimento pessoal. Encare-as com naturalidade.

  • Concentre-se no “agora”: Não passe a vida apenas a pensar naquilo que pode mudar no futuro. O presente é o momento em que pode fazer alterações positivas para a sua vida, e com resultados imediatos.

  • Mantenha uma rotina: Tenha atividades e autocuidados regulares que ajudem a melhorar a sua saúde mental. Faça exercício físico e exercite também a sua mente. Vai ajudá-lo(a) a gerir o stress de forma saudável.

  • Não esconda ou ignore o que está a sentir: Não deve ignorar os sintomas de ansiedade. Procure lidar com os pensamentos negativos com a ajuda de amigos ou através do recurso a um profissional.

O que fazer se tiver ansiedade?

Sempre com as devidas medidas de prevenção, procure concentrar-se apenas naquilo que pode controlar e lembre-se de todos os desafios e momentos exigentes que já viveu e como os conseguiu ultrapassar. Se os sentimentos de ansiedade, medo e falta de controlo forem muito intensos, duradouros ou tiverem impacto nas atividades do seu dia–a-dia, deve pedir ajuda junto de um psicólogo.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page